AGENDA DE INOVAÇÃO

Nos termos da Resolução do Conselho de Ministros nº163 / 2017, Portugal publicou um Plano Nacional de Promoção de Biorrefinarias (PNPB) para o uso sustentável de fontes renováveis ​​de energia como biomassa. O Plano apresenta uma Estratégia Nacional para 2030 para promover a implantação de todos os tipos de biorrefinarias avançadas, com sede em Portugal, usando uma biomassa não valorizada de estoque atual, ou seja, biomassa residual ou com baixo valor económico. Também está previsto o uso de cultivos energéticos, se eles não competirem com as culturas alimentares em relação ao uso da terra.

  • O principal objetivo do PNPB é aumentar a coesão territorial, gerando crescimento económico e criação de empregos em regiões interiores menos desenvolvidas do país, através do desenvolvimento de novas cadeias de valor baseadas na biomassa que não concorre com os usos económicos atuais para as indústrias existentes.
  • Um objetivo adicional do PNPB é contribuir para a redução de emissões de GEE até 2030, pelo menos 40% (comparado ao nível de 1990), de acordo com a meta da CE. Isso é válido para todos os setores económicos, incluindo o setor de transportes.

A agenda de I&I do BIOREF está alinhada com o PNPB, seguindo as prioridades escolhidas com base em pilares, produtos intermediários, produtos e usos finais.

O BIOREF concentrará as suas atividades principais de I&I no desenvolvimento de uma variedade de atividades tecnológicas, consideradas essenciais para promover a implantação de biorrefinarias avançadas em Portugal e para apoiar seus membros privados fundadores do CoLAB, bem como futuros membros industriais da Associação BIOREF.