Plano de Ação para o Biometano Oficialmente Lançado pelo Governo

Plano de Ação para o Biometano Revelado: Um Salto Estratégico em Direção à Energia Sustentável


O Plano de Ação Nacional para o Biometano foi oficialmente lançado pelo Governo e representa um marco significativo na procura por soluções de energia sustentável. Este plano visa impulsionar o mercado do biometano como uma forma sustentável de reduzir as importações de gás natural, descarbonizar a economia nacional e promover o crescimento de indústrias verdes.

O Plano de Ação para o Biometano, disponível para consulta pública no site do LNEG, vem delinear uma visão estratégica para a produção e consumo de biometano, tendo como principal foco, 3 objetivos-chave:

  1. Capacitar setores estratégicos para o aproveitamento do potencial de biogás, de forma a implementar um mercado interno de biometano;
  2. Consolidar o desenvolvimento do mercado de biometano nacional enquanto vetor estratégico de descarbonização e da bioeconomia
  3. Construir um setor sustentável do ponto de vista social e ambiental.


Contribuição do CoLAB BIOREF:

Num esforço colaborativo, o CoLAB BIOREF desempenhou um papel crucial na elaboração do Plano de Ação para o Biometano. A experiência e insights fornecidos pelo CoLAB BIOREF contribuíram para moldar uma estratégia abrangente e voltada para o futuro, alinhada com os objetivos de sustentabilidade, princípios de economia circular e crescimento económico.


Metas Estratégicas e Implicações Financeiras:

O plano do Governo estabelece metas ambiciosas, prevendo que o biometano substitua aproximadamente 9% do consumo de gás natural em Portugal até 2030 e quase 19% até 2040. Isto traduz-se numa redução estimada de cerca de €135 milhões em importações de gás natural até 2030 e €278 milhões até 2040.

O Plano antecipa também uma redução considerável nos custos das emissões de dióxido de carbono, projetando uma redução de €44,5 milhões até o final desta década e €91,2 milhões até o final da próxima.


Fases de Implementação:

Os primeiros passos, delineados na "Fase 1" do Plano, estão agendados entre 2024 e 2026. Esta fase será dedicada a estabelecer de uma cadeia de valor para o biometano em Portugal, com foco em acelerar o desenvolvimento da produção e criar um quadro regulatório e incentivos públicos para apoiar um mercado doméstico de biometano.


Perspetivas Futuras:

O Plano de Ação para o Biometano posiciona Portugal como líder em práticas de energia sustentável. À medida que o plano se desenrola, espera-se que contribua significativamente para o crescimento económico do país, na criação de empregos e na transição para uma economia neutra em carbono.


Para obter mais informações e participar na consulta pública, o Plano de Ação para o Biometano pode ser acedido no site do LNEG, através do link: https://www.lneg.pt/plano-de-acao-para-o-biometano-lancamento-da-consulta-publica/

20-04-2024